Rádio Embalo FM

Após oração no hospital, noivo sobrevive a derrame e sobe ao altar: ‘Deus me protegeu’

Após oração no hospital, noivo sobrevive a derrame e sobe ao altar: ‘Deus me protegeu’

Em 2021, os noivos cristãos Melanie Fox e Michael estavam prestes a subir no altar. Para eles, o casamento era um sonho realizado e uma resposta de oração.

A celebração do matrimônio estava marcada para acontecer no dia 11 de setembro. Porém, duas semanas antes, Michael, de 56 anos, acabou contraindo Covid-19 e precisou ser hospitalizado.

“Me lembro de orar e simplesmente dizer: 'Senhor, fizemos algo errado? Você não quer que nos casemos?’. Eu estava começando a questionar tudo e disse: 'Senhor, você não nos ama mais?'", revelou Melanie, em entrevista à CBN News.

Em pouco tempo, o noivo desenvolveu pneumonia dupla e seus níveis de oxigênio estavam muito baixos. 

Em estado grave

Segundo o diagnóstico médico, o quadro de Michael era “uma situação extremamente infeliz, com evidências de piora contínua”.

“O pneumologista chegou um dia e ficou parado na ponta da cama e balançando a cabeça. E eu apenas olhei para ele e disse: 'Não é bom, não é?'. E ele disse: 'Não. Não quero ser o portador de más notícias, mas você pode querer que a família dele saiba que isso parece bastante desesperador neste momento’”, lembrou Melanie.

Na semana seguinte, o homem teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e desenvolveu sepse – a principal causa de morte em hospitais. Além disso, seus rins começaram a parar.

Mesmo após receber vários tratamentos com antibióticos, Michael não melhorou. Diante da situação, sua noiva chegou a questionar Deus: “Eu sei que você disse, Senhor, que ficaríamos juntos. Então, eu não entendo”.

Enquanto a equipe médica preparava o noivo para fazer hemodiálise, um de seus pulmões entrou em colapso e ele precisou usar oxigênio.

Oração em frente ao hospital

Nesse dia, um grupo de cristãos se reuniram em frente ao hospital para interceder pela vida de Michael.

No corredor do hospital, John, o filho mais novo de Melanie e Michael, também orou por uma intervenção divina. “Deus, meu pai realmente precisa de um milagre agora”, pediu.

Como resposta das orações, dentro de uma hora, os níveis de oxigênio de Michael aumentaram e seu pulmão voltou a funcionar. Ele não precisou ser entubado e seus rins também se recuperaram, milagrosamente.

“Disseram que ele não precisaria de diálise. Seus marcadores estavam em alta, ele estava bem, estava tudo ótimo. E até a sepse desapareceu”, testemunhou Melanie.

Enfim casados


Michael e Melanie em seu casamento. (Foto: Reprodução/CBN News).

Mais tarde, Michael foi tirado da sedação e acordou, sem sequelas graves do AVC. Suas primeiras palavras foram para sua noiva: “Você vai ficar linda com seu vestido de noiva".

“Eu sabia, em primeiro lugar, que veria isso porque o Senhor me mostrou. Mas eu também sabia que isso traria conforto para ela”, comentou o cristão.

Após 43 dias no hospital, Michael recebeu alta. No dia 17 de outubro daquele ano, ainda usando cadeira de rodas, ele subiu ao altar e casou com Melanie. 

Com  reabilitação e oração, o homem se recuperou completamente. Hoje, o casal é grato a Deus pelo milagre recebido. 

“Muitas pessoas oraram por mim. E vou lhe dizer que a oração foi ouvida pelo Senhor. Eu sei que foi, porque não me deu só força, mas também deu força a Melanie”, declarou ele.

E a esposa completou: “Então, mesmo que pareça impossível, e seja o fim, você sabe que Ele não vai te abandonar. Ele não vai abandonar você”.

NOTÍCIAS MAIS LIDAS